segunda-feira, 12 de maio de 2008

TECKTONIK




Definitivamente a palavra de ordem p/ mim é EXPERIMENTAÇÃO, estou cada vez mais convencida de que as inovações mais interessantes tem surgido da mistura entre emoções e banalidades cotidianas... ãh, deixa eu explicar melhor... andei olhando as postagens antigas deste “bologue”, e vi que a maior parte dos assuntos que eu coloco aqui são de inovações criadas a partir de coisas simples do nosso cotidiano.


Vou exemplificar:
- Dear God: site com orações de pessoas de todo mundo, sem viés algum, apenas uma ilustração para cada oração.
- Camille: cantora francesa que mistura música com percussão corporal, além disso entre suas canções ela pinta o próprio corpo como se a música tivesse uma extensãoalém do som, sabe como é?
- I’m not a plastic bag: aquela bolsa feita com materiais ecologicamente corretos para substituir as “chatíssimas” sacolas plásticas de supermercado, fez tanto sucesso que todo mundo já fez a sua “eco” bag.
- Fake it: o nome já diz, é uma festa para se “falsificar”, abusar da moda e ser por um dia o que bem entender, nesta festa vale qualquer rótulo: diva, pop, chic, killer (dúhhhh).


E por aí vai people... novidade, novidade a gente sabe que pouca gente faz, o que existe são adaptações, boas aliás, mas tudo adaptação... a menos que alguém já tenha visto algo realmente inovador como um carro voador, tele-transporte, roupas que mudam de forma... sei lá...


uma destas experimentações é a TECKTONIK, uma dança louca composta por movimentos perfeitamente desordenados, mas que criam uma coreografia interessante... acho que a maior referência – opinião minha – tenha vindo da vontade que temos de sermos únicos e livres... o povo sai na rua pra dançar formar rodinhas - tipo de break hihihi - e apavora nos passos. é divertido, áh, o look tem que conversar com o ritmo claro. tudo justo e colorful!

é relativamente novo esse "ritmo", o que eu achei data setembro passado e se quiser saber mais entre na wikipédia que tem tudinho lá! esse video que eu postei foi o que eu mais gostei, e se eu algum dia inventar tentar algo vai ser com essa música da santogold que eu amooooo (outro vídeo)...

aposta!!!

Um comentário:

Anônimo disse...

Garota garota, belo post como de costume, "experimentar" o mundo ao nosso redor colocando um novo sabor é para poucos, excelente.

Duas pessoas que fazem um trabalho diferente que gosto muito é o brother
Simone Legno, que você deve conhecer. Procure sobre ele, o desenho dele é agressivo e doce ao mesmo tempo.

E outra é a Andrea Natale do grupo (http://www.whokilledbambi.co.uk) que é uma pessoa curiosa demais.

Parabéns novamente Joh´s...